• Sala de Fotografia

Lugares que todo fotógrafo deve visitar: Museu do Amanhã

O Museu do Amanhã, na cidade do Rio de Janeiro, é novo: foi inaugurado em 2015. Ele nasceu na zona portuária da capital, em um espaço revitalizado, e se propõe a ser um museu de ciências diferente. Sem dúvidas, ele atinge o seu objetivo, e na verdade, o supera. É uma experiência inesquecível a visita! A interatividade, as reflexões proporcionadas, o deslumbramento perante a tecnologia disponível, a diversão proporcionada conjuntamente com processos educativos, tudo conta para momentos mágicos. Para quem ama fotografia, ou trabalha com imagens, há ainda mais para notar. Todos os aspectos técnicos de luz, desing, cenografia, fotografia, edição de vídeo, diagramação, artes gráficas, tudo no museu foi pensado nos mínimos detalhes e é de excelente qualidade.


Só pelo filme de abertura do Museu do Amanhã já valia a pena a visita. Ele é projetado em um globo 360 graus que insere o espectador no filme e conta um pouco da história do cosmos e de nós seres humanos de uma forma pra lá de poética. É emocionante mesmo, dá até pra sair com os olhos marejados! Mas o museu tem mais, muito mais. São muitos painéis interativos e gigantes, aliando textos com imagens belíssimas e de grande impacto. Passamos pelo cosmos, vemos as diferentes identidades e ecossistemas, refletimos sobre as diferenças culturais, pensamos no nosso impacto no planeta, e refletimos sobretudo no amanhã. Pensar no futuro sem perder de vista o hoje, já que, como diz um texto do museu, nosso legado vai depender do que decidirmos fazer hoje. Ainda, o museu envolve o espectador em jogos, em telas interativas, vídeos, imagens gigantes. A trajetória pela exposição que o visitante percorre conseguiu sintetizar muito bem o que precisamos atentar para o futuro: a convivência, a tolerância ao diferente, e a preocupação com as mudanças climáticas.


Pra completar, tudo isso fica num prédio com uma arquitetura incrível, com uma vista surreal para a Baía de Guanabara. Precisa mais? Nao tenho mais palavras. A visita em dinheiro custa 20, mas em experiência, ah em experiência não tem preço. Aproveite para passar no Museu de Arte do Rio (MAR), do outro lado da praça, que também vale demais a visita.


O Museu do Amanhã foi originalmente concebido pela Fundação Roberto Marinho, e é um equipamento da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, que opera sob gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). Ainda, possui uma rede de patrocinadores, em uma parceria entre o poder público e a iniciativa privada. Desde sua inauguração, mais de três milhões de visitantes já passaram pelo espaço, aprendendo mais sobre as oportunidades e os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas em relação à sustentabilidade e à convivência.




Texto: Sabrina Didoné (jornalista - 0018277/RS)

Fotos: Sabrina Didoné e Mateus Kremer


#Lugaresquetodofotógrafodevevisitar #museudoamanhã #riodejaneiro #fotografiaCaxiasdoSul #revistaSaladeFotografia

0 visualização
  • Facebook Clean

2016 @Sala de Fotografia - Caxias do Sul