Homenagem - Hoje Januário Completaria 79 anos



JANUÁRIO GARCIA. FOTÓGRAFO. NEGRO. BRASILEIRO.



Januário Garcia, mineiro de Belo Horizonte, carioca das ruas, do povo, do

Rio de Janeiro. Pelos amigos, chamado de Janu. Simples assim. Como ele.

Januário se interessou muito cedo pela magia das imagens, começando

a fotografar de forma amadora, ainda jovem. É na década de 70 que ele

inicia a carreira, que só o futuro lhe mostraria, o quão importante ele e sua

obra se tornariam para a sociedade brasileira, principalmente para o povo

negro.



Januário foi a óbito em 2021, devido a complicações decorrentes da Covid-19, quando já estava hospitalizado para tratar uma outra infecção.


"A militância, a luta negra é parte da razão do meu viver, mas a fotografia é a razão do meu viver. Ela traz a possibilidade de eu estar fazendo um trabalho que vai ficar uma posteridade. Eu vou morrer, mas não vou deixar de existir. O meu trabalho vai ficar aí, para muita gente.", disse Januário em entrevista para Vilma Neres.



Leia mais sobre Januário Garcia na Revista nº 10 da Sala de Fotografia, no link: https://issuu.com/saladefotografia/docs/revisao_21.06_-_finallhttps://issuu.com/saladefotografia/docs/revisao_21.06_-_finall